Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

A primeira transação de bitcoin da História aconteceu há exatamente 12 anos

12/01/2021 - 11:48
Há doze anos, acontecia a primeira transferência de bitcoin entre o anônimo criador da rede e um criptógrafo entusiasta do projeto (Imagem: Pixabay/vjkombajn)

Nesta terça-feira (12), faz 12 anos que a primeira transação envolvendo bitcoin foi enviada de uma pessoa para a outra.

Satoshi Nakamoto, o anônimo criador da rede Bitcoin, enviou 10 BTC a Hal Finney, cientista da computação, relembra o Decrypt.

Essa transação comprovou que o Bitcoin — como uma rede monetária — realmente funcionava, pavimentando o caminho para seu futuro crescimento. Essa transferência aconteceu uma semana após Nakamoto ter começado a operar a rede Bitcoin em seu sistema computacional.

Finney, conhecido por seu trabalho em sistemas criptográficos avançados, foi a segunda pessoa a operar a rede Bitcoin antes de falecer por conta de uma doença rara em 2014.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

Ainda existem teorias de que Finney era Nakamoto.

Em uma publicação no fórum Bitcointalk em 2013, Finney escreveu:

[…] Eu era mais idealista; sempre adorei cripto, seu mistério e seu paradoxo.

Quando Satoshi anunciou o Bitcoin na lista de e-mails sobre criptografia, a recepção foi, no máximo, cética. Criptógrafos já haviam visto muitos esquemas por novatos ingênuos. Eles tendem a ter um reflexo.

Eu estava mais positivo. Eu sempre fui interessado em esquemas de pagamentos criptográficos. 

Além disso, fui sortudo o bastante para encontrar e me corresponder com Wei Dai e Nick Szabo, geralmente conhecidos por terem criado ideias que, em seguida, seriam realizadas com o Bitcoin. 

Tentei criar minha própria moeda proof-of-work chamada RPOW. Logo, achei o bitcoin fascinante.

Quando Satoshi anunciou a primeira versão do software, agarrei a oportunidade imediatamente. Acho que fui a primeira pessoa, além de Satoshi, a executar a rede Bitcoin.

Eu minerei o bloco 70 e alguma coisa e fui o recebedor da primeira transação de bitcoin, quando Satoshi me enviou dez moedas como um teste.

Eu continuei conversando com Satoshi nos dias seguintes, principalmente reportando falhas para que ele as consertasse.

Uma das ideias mais intrigantes por trás da criptomoeda mais famosa do mundo é o fato de ninguém saber quem realmente inventou o Bitcoin, e a especulação continua até hoje (Imagem: Crypto Times)

Hoje, a verdadeira identidade de Satoshi se tornou um mistério. Porém, na época, eu achei que estava lidando com um jovem rapaz de descendência japonesa que era muito inteligente e sincero. 

Eu tive a sorte de conhecer muitas pessoas brilhantes ao longo da minha vida, então eu reconheço os sinais.

Após alguns dias, [a rede] Bitcoin estava operando de forma estável, então eu continuei operando. Essa era a época em que a dificuldade era 1 e você poderia encontrar blocos com uma CPU [unidade central de processamento], e não com uma GPU [unidade de processamento gráfico]. 

Eu minerei diversos blocos nos dias seguintes. Porém, desliguei porque meu computador estava superaquecendo e o barulho do ventilador me incomodava.

Olhando para trás, eu gostaria de tê-lo deixado ligado por mais tempo mas, por outro lado, fui extremamente sortudo de estar lá, no início. Foi uma daquelas situações de “copo meio cheio, meio vazio”.

A próxima vez em que ouvi falar sobre bitcoin foi no fim de 2020, quando eu me surpreendi ao descobrir que não só estava operando, como bitcoins realmente tinham valor monetário.

Eu peguei minha antiga carteira e fiquei aliviado de que meus bitcoins ainda estavam lá. Conforme o preço subia, eu transferi as moedas para uma carteira off-line onde, felizmente, valerão algo para meus herdeiros.

Na época, os 10 BTC não valiam quase nada mas, atualmente, são equivalentes a mais de US$ 320 mil.

Finney também foi uma das primeiras pessoas a tentar prever o preço do bitcoin.

Em um e-mail a Nakamoto em 2009, ele considerou que o bitcoin poderia variar entre US$ 100 trilhões e US$ 300 trilhões — devido ao fornecimento fixo do bitcoin de 21 milhões de unidades —, dado que cada moeda valesse US$ 10 milhões.

Finney também é conhecido por ter sido a primeira pessoa do mundo a tuitar sobre bitcoin. Apenas afirmou: “executando o bitcoin”.

Doze anos depois, a rede ainda está firme e forte.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 12/01/2021 - 11:48

Pela Web