Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ambev já cresceu tudo que deveria? Analistas enxergam pouco espaço para expansão

20/09/2021 - 13:44
Ambev
Como praticamente metade das receitas da Ambev vem do Brasil (que passa por um momento econômico desafiador), a Genial acredita que não existe muito espaço para a companhia crescer (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

A Genial Investimentos iniciou a cobertura das ações da Ambev (ABEV3) com recomendação de “manter” e preço-alvo de R$ 18 – não por falta de atrativos, mas pelos desafios que a companhia provavelmente enfrentará mais para frente.

Os analistas Adriano Castro e Eduardo Nishio enxergam potencial de crescimento limitado para a cervejaria. Em relatório divulgado na última quarta-feira, eles destacaram a participação de mercado constante nos últimos anos.

“Apesar de ser uma opção segura de investimento quando comparada com outras ações do mercado, enxergamos ganhos de capital limitado”, afirmaram.

A Ambev é uma gigante em seu setor, além de uma boa pagadora de dividendos. Dona de um portfólio diversificado, formado por marcas conhecidas, como Skol, Brahma, Antártica e Stella Artois, a empresa conseguiu desenvolver na pandemia alguns projetos que podem se tornar vias importantes de crescimento – é, por exemplo, o caso das plataformas BEES e Zé Delivery.

No entanto, a dependência do cenário econômico brasileiro deixa os analistas mais cautelosos com o nome, principalmente porque o momento atual vivido pela economia no país não é dos melhores.

“O principal catalisador para o maior consumo de cerveja mundialmente é o crescimento da economia. O racional aqui é simples: com a renda per capita mais alta, as pessoas tendem a sair, comer e beber mais”, destacaram Castro e Nishio.

Com a economia vivendo uma situação desafiadora, as pessoas devem se controlar mais na hora de sair. E, como praticamente metade das receitas da Ambev vem do Brasil, os analistas acreditam que não existe muito espaço para a companhia crescer em um cenário assim.

Velha briga

Outro ponto com que a Ambev precisa lidar é a competição acirrada no setor.

A Ambev ainda detém a maior participação do mercado no Brasil (cerca de 60%). Porém, fica difícil ignorar que a Heineken está ganhando seu espaço. A Heineken se destaca principalmente no segmento premium, onde atualmente possui market share mais relevante.

Para não perder a disputa, a Ambev passou a focar mais no mercado premium, criando marcas como Duplo Malte e Beck’s.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 20/09/2021 - 13:44

Cotações Crypto
Pela Web