Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Análise de preço da Binance Coin (BNB) — parte 2: aspectos técnicos

14/07/2020 - 12:03
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Aspectos técnicos para a BNB/USD sugerem uma tendência crescente de alta conforme o preço do token está cima da média móvel exponencial (MME) e a Nuvem diária. Um possível padrão gráfico de alta também está próximo de acontecer, conforme o preço é impulsionado para US$ 38. Em vez disso, o forte volume de apoio para a BNB está entre US$ 12 e US$ 16 (Imagem: Twitter/Binance)

Parte 1

Análise Técnica

Recentemente, BNB seguiu a ampla tendência de mercado, com alguns ganhos no início de 2020, uma breve retração e março e uma forte recuperação das baixas.

Conforme a tendência macro continua a se recuperar, a força e a duração da tendência podem ser medidas usando Médias Móveis Exponenciais (MMEs), perfil de volume do intervalo visível (VPVR), pivôs anuais e a Nuvem de Ichimoku.

Clique aqui para acessar mais informações sobre as análises técnicas descritas abaixo.

No gráfico diário BNB/USD, as MMEs de 200 dias se cruzaram negativamente desde o dia 12 de março. Geralmente, a confirmação de uma tendência de alta acontece quando essas MMEs principais cruzam e após a MME de 200 dias é confirmada como suporte.

Tanto o volume como o Índice de Força Relativa (RSI) não demonstram divergências para um mercado de alta ou baixa. Apoio significativo de volume (barras horizontais) estão na zona entre US$ 12 e US$ 16, bem como na de US$ 9,75. O auge da resistência superior está em US$ 22 e diminui abaixo desse nível até a alta recorde de US$ 40.

O preço também formou um padrão gráfico inferior de diamante, sinalizando um viés positivo e uma possível reversão. Esse padrão inclui uma forma de diamante criada com maiores altas e menores baixas, tocando cada linha de tendência mais de uma vez.

A resolução do padrão deve acontecer nas próximas semanas e, possivelmente, trazer o preço para US$ 38 com base na movimentação. A resistência dos pivôs anuais também está entre US$ 20 e US$ 34.

Em relação à Nuvem de Ichimoku, existem quatro métricas essenciais: o preço atual em relação à nuvem, a cor da nuvem (vermelho para baixa, verde para alta), as cruzes Tenkan (T) e Kijun (K) e o período de atraso (“lagging span”).

A melhor entrada acontece quando a maioria dos sinais disparam de baixa para alta, ou vice-versa.

As métricas da Nuvem sobre quadro temporal diário com configurações duplicadas (20/60/120/30) para sinais mais precisos, indicam uma alta. O preço à vista está acima da Nuvem, então a Nuvem indica uma alta, assim como as cruzes T/K.

O período de atraso está acima da Nuvem e acima do preço à vista. A tendência permanecerá alta conforme o preço à vista se mantiver acima da Nuvem. Os dois aumento anteriores de Kumo resultaram em uma movimentação de 48% e de 400% respectivamente.

No gráfico diário para o par BNB/BTC, as MMEs de 50 e de 200 dias cruzaram negativamente com o preço, em que a média recentemente reverteu de volta para a MME de 200 dias. A confirmação de tendência de alta acontecerá se houver uma Cruz de Ouro nas próximas semanas.

O preço também está dentro da Nuvem, podendo indicar uma tendência indeterminada. Tanto o volume como o RSI não mostram divergências de mercado de alta ou baixa, apesar de o RSI estar em uma alta histórica de 81.

A resistência superior de VPVR continuará a diminuir se o preço tiver quaisquer altas enquanto o forte apoio está em 0,0015 BTC. A resistência superior a longo prazo está nos pivôs anuais de 0,0027 BTC e 0,0040 BTC.

Binance conseguiu fazer, com sucesso, que o token BNB se tornasse um aspecto completo em cada faceta do crescente ecossistema Binance.

Por conta disso, o token ganhou um alto nível de utilidade, que também pode ser considerado como uma porta de entrada ao sistema de loteria de IEO, as taxas de listagem na DEX, as taxas de transação no BEP2 e as migrações de tokens no BEP2.

Essas taxas também podem ser consideradas análogas às taxas para membros nos setores de negociação dos mercados financeiros tradicionais. Usuários também são incentivados a gastarem BNB para taxas de negociação, que têm desconto de 25%, ou a deterem BNB para um desconto de maker/taker.

Esse cupom foi reduzido para 12,5% este ano, e será reduzido para 6,75% no ano que vem e terminará completamente no aniversário de cinco anos da Binance.

Em relação à queima de tokens, até agora, houve um contrato implícito não aplicável com usuários, que foi cumprido como o esperado.

Não há motivos para acreditar que isso não irá continuar, mas a migração do BNB para o blockchain BEP2 agora significa que a Binance é a autoridade centralizada das transações com esse token — pelo menos, por enquanto.

De uma perspectiva de relações públicas, a Binance não tem motivo para reverter transações, mas terá a capacidade de fazê-lo.

Uma questão jurídica ainda continua em relação à linha tênue entre a segurança e a utilidade e se poderão prejudicar o sucesso do token no futuro, se o token ganhar atenção regulatória, principalmente agora que o token está listado na Binance.US.

Aspectos técnicos para a BNB/USD sugerem uma tendência crescente de alta conforme o preço do token está cima da média móvel exponencial (MME) e a Nuvem diária.

Um possível padrão gráfico de alta também está próximo de acontecer, conforme o preço é impulsionado para US$ 38. Em vez disso, o forte volume de apoio para a BNB está entre US$ 12 e US$ 16.

Aspectos técnicos para o par BNB/BTC sinalizam uma tendência bem mais indeterminada com uma reversão de média recente. A tendência continuará inespecífica até o preço estar novamente acima da MME de 200 dias e da Nuvem diária, o que não pode acontecer nas próximas semanas.

A resistência superior a longo prazo está nos pivôs anuais de 0,0027 BTC e 0,0040 BTC. Historicamente, desde 2018, BNB tem tido um melhor desempenho no primeiro e no segundo trimestre e pior desempenho no terceiro e no quarto semestre de qualquer ano.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 14/07/2020 - 12:03