Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Bancos buscam alternativas ao coronavírus; JPMorgan realizou 200 reuniões virtuais em dois dias

20/02/2020 - 9:02
JPMorgan Bancos Empresas
O surto de coronavírus ocorre em um momento crucial para bancos estrangeiros como o JPMorgan, que este ano poderá assumir o controle total de empresas na China com a abertura do enorme mercado financeiro (Imagem: Reuters/Amr Alfiky)

Bancos globais buscam alternativas para dar seguimento aos negócios na grande China diante da maior experiência de trabalho remoto do mundo para conter a propagação do novo coronavírus.

Depois de ter que cancelar uma conferência em Shenzhen, polo de tecnologia da China, o banco americano JPMorgan Chase organizou mais de 200 reuniões virtuais em dois dias na semana passada.

Executivos do alto escalão de empresas chinesas em setores que incluíam consumo, manufatura e tecnologia se conectaram com investidores institucionais por meio de videoconferências e telefone.

“Sabíamos que precisávamos fazer algo diferente para atender às necessidades deles”, disse em entrevista Ryan Holsheimer, diretor de distribuição de ações para Ásia-Pacífico, em Hong Kong.

“Isso inclui liderar o que vemos como uma tendência crescente de curto prazo – um novo normal, se você quiser – de interações virtuais com clientes.”

O surto de coronavírus ocorre em um momento crucial para bancos estrangeiros como o JPMorgan, que este ano poderá assumir o controle total de empresas na China com a abertura do enorme mercado financeiro do país governado pelo Partido Comunista.

O surto já matou mais de 2,1 mil pessoas e infectou mais de 75 mil em todo o mundo. Grande parte da economia da China está paralisada, e as viagens restringidas.

Para minimizar os riscos, corretoras japonesas cancelaram eventos com clientes, enquanto o Goldman Sachs suspendeu sua reunião com parceiros globais em Nova York no início deste mês.

Com um formato semelhante, o Morgan Stanley converterá sua 10ª cúpula anual de investidores em Hong Kong em um evento virtual em vez de realizá-la nos escritórios do banco no próximo mês, disse um porta-voz da empresa.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O JPMorgan também planeja realizar algumas outras conferências na região nesse formato, incluindo uma em Taiwan na próxima semana, quando a empresa estima que cerca de 140 reuniões serão conduzidas virtualmente, disse Holsheimer.

“No curto prazo, quase todos nossos eventos serão realizados dessa maneira e acho que será uma tendência contínua”, afirmou.

Última atualização por Vitória Fernandes - 20/02/2020 - 9:02