Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Copel aprova venda de ações detidas na Eletrosul, subsidiária da Eletrobras

23/01/2020 - 9:44
Copel CPLE6
A Copel detém 14,19 mil ações da Eletrosul, avaliadas em R$ 605 mil (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

O conselho de administração da estatal paranaense de energia Copel (CPLE3) aprovou a venda de ações detidas pela companhia na Eletrosul, subsidiária da elétrica federal Eletrobras (ELET3ELET5ELET6) com negócios principalmente na região Sul do país.

Segundo ata de reunião dos conselheiros realizada na quarta-feira e divulgada ao final do dia, a venda das ações da Copel na Eletrosul foi aprovada por unanimidade e deverá ser realizada “por meio do exercício do direito de retirada da sociedade”.

A Copel detém 14,19 mil ações da Eletrosul, avaliadas em 605 mil de reais, segundo informações publicadas no site da Eletrosul. Isso representa uma participação de 0,01% na elétrica.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A principal acionista e controladora da Eletrosul é a Eletrobras, com 99,88%, mas outras elétricas locais como CEEE, do Rio Grande do Sul, e Celesc, de Santa Catarina, também possuem pequeno volume de ações na companhia.

A ata divulgada pela Copel não traz detalhes sobre como se daria a venda da participação.

O documento aponta ainda que o conselho de administração da Copel também “autorizou que a diretoria de Finanças e Relações com Investidores analise e delibere sobre a saída da companhia de negócios que tratem de ativos financeiros não estratégicos”.

A deliberação vem em momento em que a Copel já tem planos em andamento para vender negócios vistos como não essenciais, como sua subsidiária de telecomunicações Copel Telecom e uma participação de 51 por cento na distribuidora de gás Compagás.

Última atualização por Lucas Simões - 23/01/2020 - 9:45

Visto do Reino Unido? Só para “os mais brilhantes do mundo”