Em ano de recordes, 16 curiosidades da corrente comercial no 1º semestre, por Marcos Troyjo

22/07/2021 - 10:59
Porto de Santos-Santos Brasil
Comércio exterior brasileiro se aproxima de novos recordes em 2021 (Imagem: Santos Brasil/Divulgação)

Com base nos resultados do primeiro semestre de 2021, o Brasil pode alcançar uma corrente de comércio da ordem de R$ 2,6 trilhões, ou aproximadamente US$ 500 bilhões ao câmbio atual.

Recorde histórico, se confirmado, tanto quanto a estimativa de US$ 100 bilhões em superávit, de acordo com o Marcos Troyjo, presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD). Conta que fica em grande parte creditada ao agronegócio.

Em 16 pontos, veja as curiosidades do comércio exterior brasileiro de janeiro a junho feito pelo economista, ex-secretário de Comércio Exterior e Relações Internacionais do Ministério da Economia, e atual presidente do Banco do Brics.

1- O comércio Brasil-China no primeiro semestre de 2021 foi de US$ 71 bi.

2- O comércio Brasil-China é de aproximadamente US$ 1 bi a cada 60 horas.

3- O superávit comercial com a China  foi de US$ 26,6 bi, o maior da história no relacionamento do Brasil com qualquer país.

4- O superávit comercial com o todo o mundo foi de US$ 37,5 bi, o maior da história.

5- Hoje, o Brasil importa mais da Europa do que da China.

6- As exportações para Ásia, excluindo China, são maiores, que as exportações para toda a União Europeia.

7- As exportações para Ásia, excluindo China, são equivalentes a todas as exportações para EUA e Argentina somados, respectivamente o 2º e 3º maiores destinos de nossas exportações.

8- O Brasil exportou mais para Singapura do que para a Alemanha.

9- O Brasil exportou mais para Coreia do Sul do que para a Espanha.

10- O Brasil exportou mais para a Malásia do que para a Itália.

11- O Brasil exportou mais para a Índia do que para o Reino Unido.

12- O Brasil exportou mais para a Tailândia do que para a França.

13- O Brasil exportou mais para o Vietnã do que para a Suiça.

14- O Brasil exportou mais para a Indonésia do que para Portugal.

15- O Brasil exportou mais para Bangladesh do que para Austrália, Dinamarca, Finlândia, Áustria e Israel somados.

16- O Brasil exportou mais para Hong Kong do que para Suécia e Noruega somadas.

 

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 23/07/2021 - 7:13

Cotações Crypto
Pela Web