EUA: Hashdex e Victory Capital querem lançar o primeiro ETF “multicriptoativos”

04/08/2021 - 14:15
Com a nova empreitada, a Hashdex também busca oferecer uma ampla exposição aos criptoativos de maneira acessível, segura, regulada e com mais liquidez aos investidores americanos (Imagem: Unsplash/artrachen)

Em junho, a gestora brasileira de criptomoedas Hashdex havia anunciado que desejava entrar para o mercado cripto americano, em parceria com a gestora Victory Capital.

Esta semana, as gestoras enviaram a documentação necessária à Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio dos EUA (SEC) a fim de registrarem seu fundo negociado em bolsa (ETF) cripto, o Victory Hashdex Nasdaq Crypto Index Fund (ainda sem código de negociação definido).

Assim como o ETF brasileiro HASH11, o fundo americano vai acompanhar o desempenho do Nasdaq Crypto Index (NCI), um índice codesenvolvido pela Hashdex e pela Nasdaq.

Atualmente, o NCI rastreia as movimentações de oito criptomoedas: bitcoin (BTC), ether (ETH), litecoin (LTC), chainlink (LINK), bitcoin cash (BCH), filecoin (FIL), stellar (XLM) e uniswap (UNI).

Com a nova empreitada, a Hashdex também busca oferecer uma ampla exposição aos criptoativos de maneira acessível, segura, regulada e com mais liquidez aos investidores americanos.

Em um comunicado de imprensa compartilhado com o Crypto Times, Marcelo Sampaio, o CEO da Hashdex, afirmou:

A Victory é uma gigante do mercado americano, com mais de US$ 150 bilhões sob gestão. Sabemos que o lançamento do produto é um grande passo para a Hashdex, mas temos o parceiro ideal e o conhecimento necessário para que esse desafio seja bem-sucedido.

Acreditamos muito no investimento em criptoativos por meio de índices. Queremos oferecer essa metodologia eficiente para investidores no exterior.

A expectativa é que o ETF americano seja aprovado ainda este ano, mesmo que a SEC seja conhecida por não ter aprovado um fundo desse tipo até hoje.

Felizmente, no Brasil, a Hashdex já deixou sua marca: em abril, lançou o fundo HASH11 e, amanhã (5), irá lançar seu segundo ETF, o BITH11fundo sustentável e com 100% de exposição ao bitcoin — na B3.

A previsão é que seu terceiro ETF — ETHE11, com 100% de exposição ao ether — seja lançado ainda em agosto.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 08/08/2021 - 17:04

Cotações Crypto
Pela Web