AgroTimes

Fim do acordo de grãos, LCAs e LCIs acima de 15% ao ano, embargo para BRF (BRFS3) e mais: leia 5 temas no Agro Times

23 jul 2023, 11:00 - atualizado em 21 jul 2023, 9:42

A última semana contou com diferentes novidades para o agro brasileiro, com destaque para o fim do acordo de grãos no Mar Negro que permitia o translado de grãos da Ucrânia.

Além disso, o Japão anunciou a suspensão das importações de carne de frango do Brasil após casos de gripe aviária em aves de subsistência no município de Maracajá, em Santa Catarina.

Dito isso, separamos os principais assuntos do Agro Times que você pode ter perdido.

Confira temas de destaque no Agro Times:

5º lugar – Banco gringo lista frigorífico mais exposto ao embargo do Japão para frango do Brasil; saiba qual

Gripe Aviária, OMS
(Imagem: Pixabay)

Nesta segunda-feira (17), o Japão anunciou a suspensão das importações de carne de frango do Brasil, após casos de gripe aviária em aves de subsistência no município de Maracajá, em Santa Catarina.

De acordo com o Bank of America (BofA), a suspensão é extremamente relevante para o Brasil, já que o país asiático responde por 4% das exportações da proteína brasileira e 10% do consumo de frango do Japão.

Assim, o banco listou o frigorífico mais impactado pelo bloqueio

4º lugar – JBS (JBSS3), Cosan (CSAN3), Klabin (KLAB11) e mais: Confira datas dos resultados do 2T23 para empresas do agro

(Imagem: Pexels)

O fim do mês de julho marca o início da temporada de resultados do segundo trimestre de 2023 (2T23), com diversas empresas listadas na B3 publicando seus balanços.

Com isso, o Agro Times listou as datas das divulgações das empresas do setor, para que você investidor fique por dentro dessas novas atualizações.

Top 3

🥉 3º lugar Renda fixa: Títulos isentos de IR pagando até 12% ao ano e plano de fuga do CDI

Agricultura
(Imagem: Pixabay/kaigraphick)

CDI (Certificado de Depósitos Bancários), que hoje rende 13,65% ao ano ou acima de 1% ao mês, é o indexador de renda fixa que mais perderá rentabilidade com o corte dos juros.

Afinal, mais de 50% do mercado precifica que o Banco Central reduzirá a taxa Selic de 13,75% para 13,50% na reunião de agosto, como mostram as opções de Copom da B3.

🥈 2º lugar – LCAs e LCIs prefixadas com rendimento líquido acima de 15% ao ano para travar até 2028

imóveis prédios fundos imobiliários são paulo
(Foto: Flávya Pereira/Money Times)

As LCAs e LCIs prefixadas estão mais atrativas em julho do que no mês passado. Afinal, a rentabilidade líquida subiu de 15% para 15,50% ao ano.

Conforme o analista André Fialho, da Genial Investimentos, vale a pena investir em prefixados que oferecem taxas ao redor de 13% ao ano, com vencimentos entre três e cinco anos.

🥇 1º lugar – Fim do acordo de grãos no Mar Negro: O que muda para o agro e o Brasil?

Exportações - Trigo
(Imagem: REUTERS/Pascal Rossignol)

O pacto que permitia o escoamento de grãos da Ucrânia pelo Mar Negro expirou nesta segunda-feira (17), após a Rússia suspender sua participação.

O acordo visava aliviar uma crise global de alimentos, permitindo que os grãos ucranianos bloqueados pelo conflito Rússia-Ucrânia fossem exportados com segurança.

Assim, a dúvida que fica é: o que muda para os grãos do Brasil e o agronegócio?

 

 

Repórter no Agro Times
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.