HDAI termina novembro com desempenho de 45,6%; Hashdex rebalanceia seu índice

02/12/2020 - 8:49
Em novembro, a volatilidade anual do índice HDAI chegou a 180,6% (Imagem: Crypto Times)

Nesta quarta-feira (2), a gestora brasileira de criptoativos Hashdex divulgou sua carta mensal do mês de novembro.

No mês passado, o índice HDAI (Hashdex Digital Assets Index), apelidado de “Ibovespa dos criptoativos”, teve um desempenho de 45,6%, segundo a carta.

Apesar da oscilação de mercado, o desempenho anual do índice está em 180,6%.

O HDAI não segue um número fixo de criptoativos e é ajustado trimestralmente, de acordo com o amadurecimento do mercado cripto.

Os ativos de melhor desempenho no mês de novembro foram XRP, stellar lumens (XLM) e aave (LEND), enquanto os de pior desempenho foram binance coin (BNB), bitcoin satoshi vision (BSV) e bitcoin cash (BCH).

A volatilidade do índice terminou novembro em 93,8%.

A gestora comenta a recente correção de mercado que assustou alguns investidores, conforme o bitcoin (BTC) se aproximava de sua alta recorde de quase US$ 20 mil: a criptomoeda terminou o mês com uma rentabilidade de 40,1%.

Além disso, ontem (1º), a Hashdex realizou esse ajuste trimestral, promovendo a exclusão ou seleção de novos ativos de acordo com os critérios rígidos de elegibilidade, estabelecidos pela metodologia do índice.

Após o rebalanceamento, HDAI dá as boas-vindas a dois novos tokens: DOT, da rede Polkadot, e XEM, da plataforma New Economic Movement (NEM).

No entanto, retira os ativos bitcoin satoshi vision (BSV), DASH, aave (LEND), ethereum classic (ETC) e OMG devido à perda na representação de mercado, estando abaixo do patamar mínimo de 0,25%.

“No acumulado do ano, o HDAI teve um desempenho de cerca de 175%. Já o bitcoin, principal ativo da carteira teórica, teve uma valorização de 164%. Esse desempenho superior do índice foi causado, principalmente, pela excelente performance de ativos que servem de base para os serviços de finanças descentralizadas (DeFi), como Ethereum (+360% no ano) e Chainlink (+668% no ano). Apesar do ano desafiador, nenhum ativo do índice está com retorno negativo”, comentou Samir Kerbage, CTO da Hashdex.

Agora, o índice é composto por 15 ativos: bitcoin (BTC), ether (ETH), XRP (Ripple), bitcoin cash (BCH), chainlink (LINK), litecoin (LTC), DOT, binance coin (BNB), stellar lumens (XLM), EOS, tron (TRX), tezos (XTZ), cosmos (ATOM), XEM e NEO.

Cada criptoativo possui um percentual distinto na composição do HDAI, que varia de acordo com a representatividade das moedas no mercado.

Em sua carta de novembro, a gestora também menciona o uso da stablecoin USD Coin (USDC) no auxílio a venezuelanos, a tese de investimento institucional no mercado cripto e as expectativas para o ano de 2021. Clique aqui para conferir.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 02/12/2020 - 8:49

Pela Web