Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Iraque eleva exportação de petróleo em julho e ainda produz acima de meta da Opep+

21/07/2020 - 12:52
petróleo
As exportações pelo sul do Iraque nos primeiros 20 dias de julho foram de em média 2,70 milhões de barris por dia (Imagem: Reuters/Christian Hartmann)

As exportações de petróleo do Iraque aumentaram até o momento em julho, segundo dados de navios e fontes do setor, o que sugere que o segundo maior produtor da Opep ainda está acima de suas metas em um acordo para restringir a oferta.

As exportações pelo sul do Iraque nos primeiros 20 dias de julho foram de em média 2,70 milhões de barris por dia (bpd), segundo a média de dados do Refinitiv Eikon e duas fontes da indústria. Isso significaria estabilidade ante os dados oficiais para as exportações da região em junho.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados, conhecidos como Opep+, começaram um corte recorde de oferta a partir de maio para impulsionar os preços do petróleo, impactados pela crise do coronavírus. O Iraque deve cortar a produção em 1,06 milhão de bpd, segundo o acordo.

Mas os números de julho sinalizam que o Iraque ainda não está cumprindo o nível de cortes com que se comprometeu e está exportando bem mais que o indicado por sua programação de embarques para julho.

O Iraque disse à Opep+ que compensaria a sobreprodução em maio e junho por meio de cortes maiores nos meses seguintes.

Ainda houve aumento nas exportações pelo norte do Iraque em julho, segundo dados de navios-tanque e duas fontes do setor. Até o momento, as exportações da região estão em ao menos 450 mil bpd, contra 370 mil bpd em junho.

Em junho, o Iraque entregou cortes equivalentes a 88% de sua meta no acordo da Opep+, segundo cálculos da Reuters com dados da Opep. Se as exportações em julho seguirem estáveis, isso levaria o nível de cumprimento dos cortes pelo Iraque a cair para 65%, de acordo com cálculos da Reuters.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 21/07/2020 - 12:52