Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

KyberDAO será lançada na semana que vem e traz novidades ao protocolo Kyber

01/07/2020 - 10:28
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Em 2019, o protocolo Kyber anunciou o lançamento de sua organização autônoma descentralizada, que será oficialmente lançada na próxima terça-feira (7) (Imagem: Kyber Protocol)

Kyber é um protocolo de liquidez para a implementação de trocas de tokens e lançará sua nova organização autônoma descentralizada (DAO, na sigla em inglês no dia 7 de julho.

O protocolo Kyber foi criado para agregar liquidez de inúmeras fontes. Assim, a rede fornece um terminal para que “takers” (aqueles que aceitam as ordens de mercado criadas) realizem, de forma ininterrupta, inúmeras negociações de tokens em uma única transação em blockchain.

Atualmente, Kyber é listada como a terceira maior aplicação, por usuários ativos, no blockchain Ethereum e também é listada como a aplicação mais popular de câmbio.

Qualquer usuário da Kyber pode contribuir com seus tokens inativos da Ethereum ao pool de liquidez da Kyber. Quando uma reserva for criada, os tokens estarão disponíveis para uso em qualquer aplicação descentralizada (dapp) ou protocolo que estiver conectado com a rede.

Atualmente, os seis pares de negociação mais populares na Kyber são ETH/DAI, DAI/ETH, ETH/USDC, USDC/ETH, ETH/USDT e ETH/KNC.

A liquidez na rede é facilitada por meio de uma arquitetura de reserva aberta, comandada pelos gestores de reserva de liquidez da Kyber. Estes precisam adquirir os tokens Kyber Network Crystal (KNC) para criar uma reserva de um novo ativo.

Toda vez que uma transação acontecer na Kyber Network, cobra-se uma taxa de rede para a reserva associada de, geralmente, 0,25% por negociação.

Estrutura de votação geral e staking na KyberDAO

KyberDAO foi anunciada no fim de 2019 e fará parte de uma grande atualização do protocolo chamada Katalyst. A atualização também permitirá que detentores de KNC recebam parte das taxas da rede ao fazer o staking de KNC e participem da KyberDAO.

Uma das primeiras decisões que detentores de KNC terão de fazer quando a KyberDAO for lançada será decidir, em conjunto, o preço das taxas da rede e como essas taxas serão usadas.

Também terão de decidir se as taxas da rede serão direcionadas para recompensas por votação, se irá para a queima de tokens KNC ou incentivos para gerenciamento reservado, como abatimentos.

No futuro, detentores do KNC terão o direito de votar sobre as tomadas de decisão da rede sobre a funcionalidade, as operações e a adesão do protocolo.

Uma publicação recente explica a consequência dessas decisões. Detentores de KNC podem configurar altas taxas e fazer com que todas as taxas da rede vão para detentores de KNC e, assim, aumentando a recompensa para o staking de tokens, mas reduzindo a competitividade.

Por outro lado, não ter taxas e recompensas resultará na baixa demanda por KNC e na falta de incentivos para usuários mas, provavelmente, resultará em baixas diferença de preço na plataforma.

Uma votação pré-DAO foi realizada na plataforma Discord entre os dias 12 e 26 de julho para permitir que a comunidade Kyber votasse sobre o conjunto inicial de parâmetros de taxas da rede para o protocolo quando a KyberDAO for lançada.

No dia 19 de junho, foi anunciado que a empresa de investimentos ParaFi Capital havia investido no protocolo Kyber por meio da aquisição direta de KNC da equipe de desenvolvimento da Kyber.

KyberDAO será uma plataforma que permitirá que a comunidade do protocolo Kyber vote em decisões que poderão melhorar o funcionamento da rede e a relação dos usuários com o protocolo (Imagem: Twitter/KyberDAO)

ParaFi afirmou que os objetivos principais do investimento serão participar em futuras decisões de governança dos protocolos Kyber, melhorar opções para “takers” de mercado ao conectar e fornecer liquidez à rede de usuários e dapps da Kyber, bem como acelerar o crescimento de formadores de mercado profissionais que buscam ganhar com a diferença de preço em protocolos de finanças descentralizadas (DeFi).

Loi Luu, CEO da Kyber, aprovou o acordo, afirmando que:

ParaFi tem sido uma força-motriz na governança e no crescimento do setor DeFi. A equipe da ParaFi realizou a auditoria jurídica para entender as nuances e os contornos do protocolo Kyber, desenvolvendo uma compreensão mais aprofundada do potencial da rede.

Com o apoio e a participação ativa da ParaFi na KyberDAO, estamos confiantes de que podemos impulsionar o papel da Kyber como uma camada de liquidez para DeFi para o próximo nível

A KyberDAO também será lançada com um sistema para a delegação de direitos de votação, onde detentores de KNC não terão de participar de cada rodada de votação, ou “epoch”, que acontecerá a cada duas semanas.

Eles o farão ao redirecionar seus direitos de votação para um endereço Ethereum que votará em seu lugar. Projetos que configuram esses endereços Ethereum serão chamados de “operadores de pool” e a Kyber irá estabelecer uma variedade de opções técnicas para a funcionalidade de pools.

Detentores de KNC poderão delegar seus tokens a um pool usando uma interface-padrão Kyber.org.

O direcionamento de tokens a um pool não é algo custodial, ou seja, operadores de pool conseguirão voltar em nome dos delegantes que direcionarem seu staking para eles, porém não podem gastar os tokens delegados a eles.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 01/07/2020 - 10:28