CryptoTimes

Bom dia, Bitcoin (BTC): criptomoeda reage à inflação nos EUA e reverte perdas

10 maio 2023, 10:17 - atualizado em 10 maio 2023, 10:17
Bitcoin
Os fatores foram suficientes para impulsionar uma reversão na criptomoeda, que em um período de vinte e quatro horas agora está positiva e acima de US$ 28 mil (Imagem: Pixabay/lukinIgor)

Enquanto os mercados tradicionais não despertam, o Crypto Times vem dar um bom dia ao Bitcoin. Confira um breve resumo do que pode mexer com o mercado nesta quarta-feira (10).

O Bitcoin (BTC) amanheceu nesta terça reduzindo as perdas, e reverteu a queda logo após a divulgação do índice de preços ao consumidor nos Estados Unidos (CPI), que veio um pouco abaixo do esperado pelo mercado.

inflação nos EUA registrou alta anual de 4,9%, enquanto o consenso era de +5%. Em abril, a alta do núcleo do CPI foi de 0,4%, dentro do consenso do mercado.

Os números foram suficientes para impulsionar uma reversão na criptomoeda. Em um período de 24 horas apagou o sinal negativo e agora está positiva, acima de US$ 28 mil.

O Ether (ETH) também reverteu as perdas e sobe quase 2% até o momento da publicação desta notícia. O valor de mercado das criptomoedas se mantém a um patamar de US$ 1,14 trilhão até o momento.

Bitcoin reage à inflação dos EUA

André Franco, analista chefe do Mercado Bitcoin, ressalta que nos dados on-chain é possível observar mais um acúmulo de 10 mil bitcoins por parte dos investidores de longo prazo (LTH).

“No ethereum, houve um saldo líquido de 143 mil ETH colocados em staking nas últimas 24 horas”, avalia.

Fernando Pereira, analista e gerente de conteúdo na Bitget, diz observar na análise técnica a probabilidade maior de dois movimentos diametralmente opostos. De um lado, rumo à consolidação de preço entre US$ 27 e US$ 30 mil. De outro, em direção à queda para região de US$ 25 mil.

(Imagem: Fernando Pereira/Bitget/Montagem Crypto Times)

“O movimento observado durante o mês de abril, onde o preço do BTC subiu (1), depois teve um topo mais alto (2), seguido de um topo mais baixo que o anterior (3), mostra o enfraquecimento da pressão compradora”, diz.

Em relação à correlação, o ouro se mantém acima do índice Nasdaq, mas não se iguala ao S&P500, que é a maior na correlação com o Bitcoin. No geral, as correlações despencam. Em uma escala de -1 até 1 (onde 1 é a correlação total), o índice de tecnologia dos Estados Unidos está em 0,22 e o metal precioso, em 0,28. Já a correlação com o S&P 500 é de 0.35.

Por fim, o índice de medo e otimismo avança um ponto, e continua no patamar de neutralidade no índice. No dia anterior, o índice estava em 51, na zona otimista, e hoje está a 52, de 100.

Latest Crypto Fear & Greed Index

Repórter do Crypto Times
Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Repórter do Crypto Times, e autor do livro "2020: O Ano que Não Aconteceu". Escreve sobre criptoativos, tokenização, Web3 e blockchain, além de matérias na editoria de tecnologia, como inteligência artificial, Real Digital e temas semelhantes. Já cobriu eventos como Consensus, LabitConf, Criptorama e Satsconference.
Twitter Linkedin
Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Repórter do Crypto Times, e autor do livro "2020: O Ano que Não Aconteceu". Escreve sobre criptoativos, tokenização, Web3 e blockchain, além de matérias na editoria de tecnologia, como inteligência artificial, Real Digital e temas semelhantes. Já cobriu eventos como Consensus, LabitConf, Criptorama e Satsconference.
Twitter Linkedin