Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Embraer “solteira” decola 18% com rumores de novos pretendes pós-Boeing

08/06/2020 - 20:25
Empresas Embraer Setor Aéreo
A fabricante fechou em alta de 18,36%, a R$ 10,70, mantendo a trajetória de recuperação das últimas semanas (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

A Embraer (EMBR3) disparou na sessão desta segunda-feira (8) em meio a especulações sobre eventual novo parceiro.

A fabricante fechou em alta de 18,36%, a R$ 10,70, mantendo a trajetória de recuperação das últimas semanas.

No mês passado, a agência Reuters afirmou que China, Rússia e Índia estavam sondando a Embraer e estudando possíveis acordos.

Apesar disso, o presidente-executivo da Embraer, Francisco Gomes Neto, disse que ainda é cedo para discutir essas oportunidades, pois a empresa está estudando um novo plano de cinco anos. Ele acrescentou que as parcerias estratégicas podem envolver produtos, engenharia e produção e países como China, Índia “e outros”.

Novos ares

Francisco Gomes Neto também afirmou que qualquer novo acordo será menor em escopo do que aquele que vinha sendo negociado com a Boeing e que foi encerrado em abril.

“Não estamos procurando uma parceria da dimensão que a gente tinha com a Boeing”, afirmou ele. “Nós achamos que seria muito mais rápido e eficiente parcerias por projeto”.

Para isso, Gomes Neto desfará o dispendioso processo de separação que preparou a lucrativa divisão de jatos comerciais da Embraer para a aquisição da Boeing e trará todos os seus funcionários de volta ao mesmo teto corporativo.

As duas empresas estão agora envolvidas em processos de arbitragem uma contra a outra, ambas questionando se as condições necessárias para o negócio foram atendidas.

Com Reuters

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Leia mais sobre: Boeing, Embraer, Mercados, Setor Aéreo

Última atualização por Renan Dantas - 08/06/2020 - 20:27