Empresa de pagamentos Square irá desenvolver uma carteira de hardware para bitcoin

09/07/2021 - 11:10
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Square, empresa-irmã do Twitter, fornece serviços que facilitam o recebimento de pagamentos para pequenos e médios empreendedores, além de possuir o Cash App, que permite a compra e venda de bitcoins (Imagem: YouTube/Square)

Square (SQ), empresa de pagamentos liderada por Jack Dorsey, CEO do Twitter (TWTR34), confirmou que desenvolverá uma carteira de hardware de bitcoin (BTC). A decisão vem um mês após Dorsey comentar que a Square considerava criar uma carteira.

“Decidimos desenvolver uma carteira de hardware e um serviço para popularizar a custódia de bitcoins”, tuitou Jesse Dorogusker, líder de hardware na Square, ontem (8). Dorsey confirmou a notícia em um outro tuíte.

Uma carteira pessoal de hardware é não custodial, ou seja, investidores cripto têm controle de suas próprias chaves privadas — palavras-chave que servem como um tipo de senha de acesso aos fundos — em vez de permitir que terceiros, como corretoras de criptomoedas, fiquem sob responsabilidade das chaves.

A carteira irá oferecer transações multiassinatura (ou “multisig”), que exigem que duas ou mais chaves privadas assinem e enviem uma transação.

Mais especificamente, Dorogusker disse que as opções multisig serão usadas para permitir a “autocustódia assistida”. Isso sugere que a Square pode ter um papel no processamento de chaves.

Dorogusker acrescentou que a carteira irá priorizar o uso móvel, ou seja, pretende integrá-la com celulares. A Square planeja distribuir globalmente o novo serviço.

Para esse fim, a Square está montando uma equipe e contratando pessoas para cargos no setor de hardware, software, segurança e comercial.

A equipe será comandada por Max Guise, líder de segunda de hardware da Square. Já Thomas Templeton, diretor geral de hardware da Square, também irá ajudar a desenvolver a equipe.

O amor de Dorsey pelo bitcoin

Perfil de Jack Dorsey, CEO da Square e do Twitter, deixa bem claro seu apoio à maior criptomoeda do mundo.

O amor de Dorsey pelo bitcoin não é segredo; a biografia no perfil do Twitter do bilionário só tem uma coisa escrita: “#bitcoin”.

Recentemente, Dorsey disse que ele estaria trabalhando no desenvolvimento do bitcoin se já não trabalhasse na Square e no Twitter.

A carteira de hardware de bitcoin da Square não será o primeiro produto cripto da empresa. Seu Cash App já permite que usuários comprem e vendam bitcoin, e essa linha de negócio tem sido o grande chamariz de dinheiro da empresa.

A Square gerou uma receita em bitcoin de US$ 3,51 bilhões e um lucro bruto em bitcoin de US$ 75 milhões durante o primeiro trimestre deste ano. A empresa também possui bitcoin em suas reservas.

Além disso, a empresa criou um conselho cripto com outras grandes empresas para pressionar legisladores. Além disso, a Square está desenvolvendo uma fazenda de mineração de bitcoin 100% alimentada por energia solar nos EUA, em parceria com a Blockstream.

Além da Square, seu serviço de streaming de músicas Tidal também parece ter interesse no setor cripto. Recentemente, a empresa disse que pode começar a testar tokens não fungíveis (NFTs, na sigla em inglês), possivelmente como uma forma de compensar artistas.

Twitter, empresa-irmã da Square, também distribuiu 140 NFTs para usuários aleatórios. Mas isso significa que Dorsey também pode começar a adquirir ether (ETH), já que esses ativos exclusivos foram desenvolvidos na rede Ethereum? Provavelmente, não.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 09/07/2021 - 11:10

Cotações Crypto
Pela Web