Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ex-deputado Alfredo Sirkis morre em acidente de carro no RJ

10/07/2020 - 20:24
Marina Silva e Alfredo Sirkis
Alfredo Sirkis foi um dos fundadores do Partido Verde (Imagem: REUTERS/Ricardo Moraes)

O ex-deputado federal Alfredo Sirkis, um dos fundadores do Partido Verde e ativista ambiental, morreu nesta sexta-feira em um acidente de carro no Rio de Janeiro.

Sirkis, de 69 anos, morreu quando o carro que dirigia atingiu um poste no Arco Metropolitano (BR-493), na Baixada Fluminense, de acordo com a TV Globo.

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, lembrou que como secretário de Urbanismo e de Meio Ambiente da cidade, Sirkis “sempre trabalhou por um Rio mais humano e solidário”, e destacou que ele “era um militante apaixonado por todas as causas que abraçava”.

“Sua luta mais recente era contra as mudanças climáticas que tanto ameaçam nosso planeta. Tinha ainda muito a contribuir com sua experiência e dedicação. Neste momento de grande dor, peço a Deus que conforte sua família, amigos e admiradores”, afirmou o prefeito em nota.

Sirkis passou anos no exílio durante a ditadura militar e, um ano após o Brasil retornar ao regime democrático, ele co-fundou o Partido Verde com a colega ambientalista Marina Silva, que ficou em terceiro nas eleições presidenciais de 2010.

Sirkis foi eleito deputado, mas decidiu não concorrer à reeleição em 2014.

Integrante regular da delegação brasileira nas negociações sobre mudanças climáticas globais, ele fundou em 2015 o Brazil Climate Center, afiliado ao Climate Reality Project de Al Gore.

Sirkis também atuou como coordenador do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas, apoiado pelo governo, até 2019, quando foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Para mim não foi surpresa nenhuma”, disse ele à Reuters na época. “Porque sou ambientalista militante há mais de 30 anos, estou politicamente envolvido demais na luta ambiental”.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Bruno Andrade - 10/07/2020 - 20:24