Intimações inesperadas da SEC viram o principal assunto na conferência cripto da Messari

21/09/2021 - 15:37
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
CEO da Messari, um dos grandes portais de análise e desenvolvimento no setor cripto, não gostou da visita indesejada de oficiais da SEC no primeiro dia do evento Mainnet (Imagem: Twitter/Messari Crypto)

Ontem (20), em meio à conferência cripto Mainnet 2021 da Messari, em Nova York, uma pessoa da plateia afirmou, no Twitter, ter visto um palestrante do evento dizer que foi “intimado pela SEC” antes de subir ao palco.

O tuíte resultou em uma onda de especulações sobre a veracidade da afirmação, o recebedor da tal intimação e a grande intenção da Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio dos EUA (SEC) em se aproveitar de um evento cripto para realizar investigações.

Foram inúteis as iniciativas de confirmar, de forma independente, a veracidade do rumor, e o participante, o investidor Slava Rubin, não respondeu aos pedidos de comentário do The Block.

Diversas pessoas que conversaram com o The Block ouviram dizer que diversas pessoas foram intimadas no evento.

No entanto, Ryan Selkis, CEO da Messari, a empresa cripto que realiza o evento, pareceu confirmar que uma intimação foi emitida durante o evento.

Em um tuíte agora excluído, Selkis havia afirmado:

Se você estiver se perguntando quando foi que eu decidi me candidatar ao Senado [Americano], foi quando esses idiotas(sic) vieram ao meu evento, não compraram um ingresso e entregaram uma intimação a um dos palestrantes.

Chega de conversa.

Mais guerra em nosso estado regulatório fora de controle.

O tuíte (agora excluído) de Ryan Selkis (Imagem: YouTube/CoinDesk)

Quando perguntado sobre os rumores, um representante da SEC compartilhou uma lista dos eventos públicos e uma transcrição de um discurso feito por Gary Gensler, presidente da SEC, em um evento na capital americana de Washington.

Nos últimos meses, reguladores americanos, a nível estatal e federal, estão impulsionando suas atividades voltadas ao público investidor do setor cripto. Na semana passada, a Celsius se tornou a mais recente credora a enfrentar ordens de inúmeras supervisoras americanas de valores mobiliários.

A nível nacional, Gensler está expressando cada vez mais o interesse da agência em policiar atividades de empresas cripto, incluindo empresas do setor de finanças descentralizadas (DeFi).

Em uma entrevista recente ao The Block, ele sugeriu que, após uma audiência do congresso, serviços de empréstimo e staking com cripto também podem estar sob a supervisão da agência.

Espera-se que um relatório sobre stablecoins, elaborado pelo Departamento do Tesouro Americano, seja publicado nos próximos dias ou nas próximas semanas — um acontecimento que pode atuar como um ponto de partida para outras ações regulatórias.

No Twitter, Selkis havia convidado o presidente da SEC para participar do painel com o jornal Washington Post e responder a três perguntas.

Em entrevista à CoinDesk, Selkis afirmou que, se a SEC não evidenciar quais aspectos de projetos cripto constituem valores mobiliários, a inovação cripto vai ser prejudicada nos EUA:

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 23/09/2021 - 11:26

Cotações Crypto
Pela Web