Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Por que a Eneva é uma das ações favoritas da Rio Bravo, mesmo após saltar 35%

09/01/2021 - 14:41
Eneva ENEV3
Tudo a favor: modelo integrado de negócios é estratégica para a Eneva, segundo a Rio Bravo (Imagem: Facebook/ Eneva)

A Eneva (ENEV3) é a ação destacada pela Rio Bravo, uma das maiores gestoras do país, que tem Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central, como um de seus sócios e é responsável por gerir mais de R$ 160 bilhões distribuídos por seis fundos.

Paulo Bilyk, que acumula os cargos de CEO e chefe de investimentos da Rio Bravo, afirma no relatório que a Eneva está na carteira da gestora desde 2019 e continua um dos seus papéis favoritos.

“Apesar de uma valorização de 35% no ano [de 2020], ainda temos uma convicção grande no case de Eneva”, afirma Bilyk. “É uma empresa que tem um market share relevante no setor, mas com espaço para consolidação.”

Boas surpresas

Segundo o especialista, a maior parte da alta da Eneva, nos últimos meses, foi gerada por fatores fora do radar dos analistas e, portanto, não incorporados aos preços-alvos divulgados. Entre os fatores, estão as aquisições e as descobertas de novas reservas de gás.

A integração de suas operações também conta pontos. Desde o começo, a Eneva optou por dominar toda a cadeia de geração de energia termelétrica, atuando desde a exploração e produção de gás natural até a geração e venda de energia.

Sua capacidade instalada de 2,2 gigawatts representa 9% da capacidade térmica total do Brasil. Além disso, caso não consuma todo o gás natural que produz, a companhia pode vendê-lo a interessados.

Vidas secas

Por fim, a Eneva conta com uma ajuda de São Pedro. A crescente escassez de chuvas e a redução dos reservatórios das hidrelétricas contribuem para elevar a demanda pelas termelétricas.

“Pensando em um cenário hidrológico brasileiro cada vez mais desafiador, como o que temos vivenciado intensamente nos últimos cinco anos, a posição em Eneva, além de fazer bastante sentido ao se pensar em despachos e novos projetos, funciona como um hedge indireto para outras posições que carregamos em utilities”, afirma o CEO da Rio Bravo.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 09/01/2021 - 14:41