Por que o fornecimento da stablecoin tether não subiu desde o início do mês?

19/06/2021 - 11:55
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Tether se apresenta como uma criptomoeda “desenvolvida com a inovadora tecnologia blockchain, permitindo que você obtenha o controle de seu dinheiro” (Imagem: Facebook/Tether)

Stablecoin — ou “moeda estável”, em tradução literal — é uma criptomoeda que possui baixa volatilidade de preço e tem lastro em alguma moeda nacional (fiduciária).

O fornecimento da stablecoin tether (USDT) está estável desde o início deste mês de junho, segundo o painel de dados do The Block.

Do dia 1º ao dia 17 de junho, o fornecimento de USDT continuou em US$ 64,25 bilhões. Nenhum crescimento em USDT sugere que, atualmente, não há demanda pela stablecoin no mercado e não existe mais entrada de capital.

Paolo Ardoino, diretor de tecnologia da Tether, contou ao The Block que a demanda por USDT foi impactada por conta de uma “queda drástica” nas posições abertas em contratos futuros de bitcoin (BTC) nas últimas semanas.

USDT é a “stablecoin dominante” em grande parte das corretoras de derivativos cripto, afirmou ele.

Na verdade, houve uma grande queda nas posições abertas de futuros de bitcoin desde meados de maio. De um alta de mais de US$ 20 bilhões em maio, a quantidade de posições abertas caiu para cerca de US$ 13 bilhões em junho.

Posições abertas são o valor de contratos pendentes de derivativos que ainda precisam ser liquidados. Um crescimento de posições abertas significa que mais dinheiro está entrando no mercado e vice-versa.

A recente tendência de baixa no mercado cripto parece ser o principal motivo da menor quantidade de posições abertas no mercado de futuros de bitcoin. A criptomoeda caiu de sua alta recorde de US$ 64 mil, em meados de abril, para US$ 36 mil atualmente.

Ardoino contou ao The Block que stablecoins são emitidas conforme as condições de mercado e, assim, o fornecimento delas tem seus altos e baixos.

Na verdade, o fornecimento não apenas de USDT, como também o de outras stablecoins está estável este mês.

USDT continua tendo a maior participação do mercado de stablecoins, com mais de 60%, apesar de essa participação estar caindo desde o fim de 2020 enquanto a participação da U.S. Dollar Coin (USDC) estar aumentando.

O fornecimento total de stablecoins lastreadas em dólar ultrapassou a marca de US$ 100 bilhões pela primeira vez em maio. Atualmente, o total de stablecoins em circulação é de quase US$ 106 bilhões.

Em comparação às moedas fiduciárias, stablecoins permitem que participantes do mercado cripto as movimentem mais rápido pelas corretoras cripto, já que transferências tradicionais podem demorar dias.

Além disso, nem todas as corretoras fornecem suporte à conversão de fiduciárias em cripto (“on-ramp”), fazendo com que stablecoins e outras criptomoedas sejam a única forma de negociação em todas as corretoras.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 19/06/2021 - 11:55

Pela Web