Fornecimento total de criptomoedas estáveis atinge US$ 100 bilhões

26/05/2021 - 8:39
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
A dominância das stablecoins USDC e da USDT continua firme e forte neste 2021, mesmo sendo controladas por grandes empresas (diferente da maioria dos outros tokens do mundo cripto) (Imagem: Medium/CENTRE Consortium)

O fornecimento total de stablecoins — moedas de valor estável — lastreadas em dólar ultrapassou a marca de US$ 100 bilhões, segundo o painel de dados do The Block.

Neste momento, o fornecimento total de stablecoins está em US$ 100,33 bilhões. Grande parte do crescimento foi impulsionado pelas duas maiores stablecoins: USDT, da Tether, e U.S. Dollar Coin (USDC) do consórcio CENTRE.

USDT possui uma participação de mercado de 62% enquanto USDC possui 21%, apesar de a participação desta ter aumentado em um ritmo mais rápido nas últimas semanas. No fim de 2020, a participação de mercado da USDC era abaixo de 10%.

Grande parte do crescimento de stablecoin aconteceu nos últimos meses. No início de 2021, por exemplo, o fornecimento total de stablecoin era de apenas US$ 30 bilhões.

O forte crescimento em stablecoins sugere que participantes do mercado estão cada vez mais aplicando fundos, incluindo em setores, como o de derivativos e de finanças descentralizadas (DeFi).

Geralmente, investidores de derivativos usam stablecoins para garantias, enquanto usuários DeFi utilizam stablecoins para negociar e emprestar fundos a fim de obter rendimentos.

Stablecoins permitem que participantes do mercado cripto ajam mais rápido entre negociações sem terem de esperar dias em comparação a transferências de dinheiro com fiduciárias.

Além disso, nem todas as corretoras cripto têm suporte para a conversão de fiduciárias para cripto (“on-ramp”), deixando stablecoins e outras criptomoedas como a única solução para negociar cripto.

O crescente uso de stablecoins chamou a atenção de reguladores globais, incluindo os EUA. Em dezembro, por exemplo, membros do Congresso Americano propuseram a Lei STABLE (“Aplicação da Licença Bancária e Refreamento de Stablecoins”).

Se a proposta de lei se tornasse vigente, exigiria que todas as emissoras de stablecoin tenham licenças bancárias. A proposta declara que stablecoins são um tipo de depósito sob a lei federal.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 26/05/2021 - 8:39

Cotações Crypto
Pela Web