Ativos sintéticos: é possível obter rendimentos sem se expor a riscos?

04/08/2021 - 15:39
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Nas finanças tradicionais, ativos sintéticos são utilizados em posições de negociação, ou apostas de preços, sem terem de aplicar capital que, em outras operações, é algo necessário (Imagem: Unsplash/sonance)

Ativos sintéticos (do inglês “synthetic assets”) descrevem uma classe de ativos que reproduzem o valor de ativos existentes sem qualquer ligação física ao ativo reproduzido.

No setor de criptomoedas, existem inúmeros ativos sintéticos, incluindo sUDS — que reproduz o valor do dólar americano (USD) — e renBTC — reproduz o valor do bitcoin (BTC).

Esses ativos foram criados para dar exposição a uma variedade de diferentes ativos sem a necessidade de adquirir o ativo “original”. Detentores desses ativos podem diversificar portfólios e lastreá-los ao valor desses ativos sem precisar sair do ecossistema cripto ou da Ethereum.

Wrapped bitcoin (WBTC),
o “bitcoin da Ethereum”

Ativos sintéticos nas finanças tradicionais

Em alguns casos, como os dólares sintéticos ou outras formas de moedas fiduciárias sintéticas, você pode acrescentar o blockchain a esses ativos tradicionais — que, por sua vez, estão fora do blockchain — para impulsionar sua funcionalidade e utilidade.

Dólares americanos sintéticos, por exemplo, oferecem transações que são transparentes em um registro público, disponível a usuários de todo o mundo, sem necessidade de regulamentação, protegidos por contratos autônomos (ou “smart contracts”) e que podem ser facilmente conectados aos protocolos de concessão e tomada de empréstimos ou de maximização de rendimentos do setor de Finanças Descentralizadas (DeFi).

Ativos sintéticos também existem no mundo das finanças tradicionais e, de forma parecida, reproduzem ativos que já existem, mas alteram aspectos-chave de sua estrutura, como duração e fluxo de caixa.

Nas finanças tradicionais, ativos sintéticos são utilizados em posições de negociação, ou apostas de preços, sem terem de aplicar capital que, em outras operações, é algo necessário.

Ativos sintéticos nas finanças descentralizadas

Uma das plataformas mais importantes para a negociação de ativos sintéticos do setor é a Synthetix

Synthetix é uma plataforma de negociação de tokens, permite que versões sintéticas de qualquer tipo de ativo financeiro seja criado e, em seguida, negociado via criptomoedas.

Synthetix usa um modelo para a criação de ativos sintéticos que reproduz o sistema desenvolvido pela MakerDAO: o modelo DAI, onde empréstimos com garantias excedentes (“overcollateralized loans”) são usados para emitir novos tokens.

O sistema Synthetix possui dois tipos de tokens: o Synthetic Network Token (SNX) e “Synths” (tokens sintéticos). Os tokens SNX são bloqueados para criar synths como sUSD (dólar americano sintético) e sAAPL (ação sintética da Apple).

SNX é a garantia e o ativo sintético é a dívida. Uma proporção fixa de garantia do título precisa ser mantida para fazer com que a posição permaneça aberta.

O principal diferencial entre os projetos Synthetix e Maker é que a versão sintética de qualquer ativo pode ser criada enquanto, no protocolo Maker, o único ativo que pode ser emitido é DAIstablecoin pareada ao dólar.

Mais de um ativo pode ser usado como garantia para os empréstimos necessários na emissão dos synths. Porém, apenas “stakers” de garantia — que bloqueiam os ativos na plataforma, garantindo sua segurança — podem receber recompensas na forma de inflação e taxas de corretoras.

Desde dezembro de 2020, ether (ETH) e renBTC são opções de garantia para a criação de synths, “tanto para reduzir o risco sistêmico como para garantir que o fornecimento de Synths possa escalar de forma eficaz”.

Para emitir sUSD ou outro synth, um emissor precisa criar um empréstimo com garantia excedente. Precisam aplicar cerca de 600% da quantia de SNX como garantia pela quantia que vão tomar emprestado. Existem alguns mecanismos diferentes que tornam Synthetix em um protocolo único.

Synthetic1-min
Crescimento de popularidade das versões sintéticas de ether (sETH) e bitcoin (sBTC) desde 2020 (Imagem: Dune Analytics)
Synthetic2-min
sUSD é emitido em grande quantidade desde outubro de 2020 (Imagem: Dune Analytics)
Synthetic3-min
Existe uma alta demanda pela versão sintética de LINK (Imagem: Dune Analytics)
Synthetic4-min
O volume semanal da Synthetix cresceu, mas continua inconsistente (Imagem: Dune Analytics)

Garantia e liquidação

Synthetix possui uma alta proporção de garantia de mais de 500%. Muitos usuários do ecossistema DeFi consideram essa proporção como um uso ineficiente de capital, dadas as proporções bem mais baixas em outros protocolos do setor.

A Maker, por exemplo, possui uma proporção de garantia de 150%. É caro emitir novos synths e existe o risco de que se os altos requisitos de capital para empréstimos não forem atingidos, os empréstimos serão liquidados.

Synthetix usa um mecanismo de liquidação que envolve o resgate de Synths em troca de SNX em staking se a proporção de garantia de um staker cair absurdamente. Assim, o ecossistema Synthetix sofre com picos de volatilidade que podem afetar a liquidez do protocolo e o preço do SNX.

Em 11 de junho, as liquidações na plataforma Synthetix dispararam para US$ 19,4 milhões. Em entrevista à newsletter Defiant, Andrew Trudel, desenvolvedor do protocolo Synthetix, disse:

Alguém não gerenciou adequadamente sua posição em staking e, como consequência, foi parcialmente liquidado de volta à sua faixa-alvo de 500%.

Synthetic5-min
Liquidações recentes (Fonte: Synthetix)

Synthetix fornece concessões e alertas a usuários se suas posições de dívida se tornarem precárias. Se a dívida cair abaixo de sua proporção de garantia de liquidação, o usuário terá três dias para pagar a dívida antes de parte de sua garantia ser vendida.

sUSD possui uma função exclusiva no modelo de liquidação da Synthetix. Se o valor da dívida de um emissor cair abaixo de uma proporção de 200%, então liquidadores e outros usuários podem pagar a dívida usando sUSD e permitir que a posição seja mantida.

Em troca do sUSD, liquidadores receberão os SNXs liquidados do usuário devedor.

Apesar de esses mecanismos de proteção contra liquidações do Synthetix existirem, acontecimentos como a liquidação em junho ainda acontecem. O preço do SNX caiu drasticamente após uma grande liquidação e chegou a US$ 5,91 em 27 de junho — sofrendo uma queda de 40%.

Quais são os riscos relacionados à negociação de ativos sintéticos?

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 04/08/2021 - 15:39

Cotações Crypto
Pela Web