EscolaCripto: a importância da rede Ethereum

06/02/2021 - 15:02
Entenda, em artigo exclusivo pela EscolaCripto, a importância da plataforma onde está sendo construída “a internet do dinheiro (Imagem: YouTube/Ethereum Foundation)

Dia após dia, o mercado de criptoativos conquista mais espaço e a atenção de diferentes públicos, tornando-o difícil de ser ignorado.

A rede Bitcoin se mantém tranquilamente na liderança desse mercado, com uma capitalização mais expressiva, maior descentralização e tamanho de rede.

Porém, há muito tempo, o projeto que ocupa o segundo lugar vem se destacando e sustentando a criação da grande maioria dos demais tokens existentes nesse ecossistema.

Inspirado nos conceitos propostos por Satoshi Nakamoto, como consenso e descentralização, a rede Ethereum surgiu em 2013 com a proposta de permitir novas funcionalidades à tecnologia blockchain e expandir as possibilidades iniciadas pela rede Bitcoin, aumentando o potencial de disrupção a várias indústrias, especialmente à de finanças.

Neste artigo, destacamos alguns pontos que fazem da rede Ethereum ser uma peça importante na construção da próxima geração da internet e por que você deveria tentar entendê-la melhor.

Ethereum foi projetada para ser adaptável e flexível e, por esses e outros motivos, é considerado o blockchain programável mundial (Imagem: YouTube/Ethereum Foundation)

O que é Ethereum?

Ethereum é uma plataforma global, de código aberto, baseado no blockchain e distribuído entre milhares de computadores ao redor do mundo, que permite que qualquer desenvolvedor crie contratos autônomos (“smart contracts”) e construa aplicativos descentralizados (dapps) de diferentes níveis de complexidade, incluindo — mas não se limitando — a criptomoedas.

Contratos autônomos são contratos semelhantes aos modelos tradicionais. A diferença é que são escritos através de código e são autoexecutáveis, ou seja, são executados quando os requisitos especificados inicialmente são atendidos e após a assinatura digital, feita pelo uso de chaves privadas.

Por funcionar de maneira distribuída, não há possibilidade de censura, tempo de inatividade, controle e interferência de terceiros. Além disso, a Ethereum foi projetada para ser adaptável e flexível e, por esses e outros motivos, é considerado o “blockchain programável mundial”.  

O propósito é diferente do Bitcoin. Enquanto este é usado para o envio e armazenamento de valor, o blockchain da Ethereum se concentra na criação e execução de contratos inteligentes e de qualquer aplicativo descentralizado, funcionando como uma “world wide web” descentralizada.

A maior parte dos demais projetos do ecossistema cripto foi construída na plataforma da Ethereum e tudo isso faz dela uma peça-chave na construção da internet 3.0

Então, vamos entender um pouco sobre os principais pontos que a torna em um projeto tão importante para o ecossistema cripto.

(Imagem: YouTube/Ethereum Foundation)

A rede Ethereum permite aplicações para a Web 3.0 que, diferente da realidade atual, possibilita que qualquer pessoa participe da internet sem ter seus dados pessoais usurpados e monetizados por terceiros:

– qualquer pessoa que está na rede tem permissão para usar o serviço. Em outras palavras, a permissão não é necessária;

– ninguém pode bloquear você ou negar seu acesso ao serviço;

– os pagamentos são integrados por meio do token nativo, ether (ETH), utilizado como incentivo econômico para a construção e utilização de dapps — quando ocorre uma transação na rede, é com ele que são pagas as taxas. 

Comparações práticas

Web 2: O Twitter pode censurar qualquer conta ou tuíte.
– 
Web 3: Os tuítes da Web 3 não seriam censuráveis ​​porque o controle é descentralizado.

Web 2: O serviço de transferência pode não permitir pagamentos em certos tipos de situações.
Web 3: Não requer dados pessoais e não pode impedir pagamentos.

Web 2: Servidores gigantescos podem cair e afetar muitos usuários.
Web 3: Os servidores não podem cair — usam Ethereum, uma rede descentralizada de milhares de computadores como “back-end”.

(Imagem: YouTube/Ethereum Foundation)

O potencial de disrupção é enorme

Ethereum tem o potencial de causar mudanças enormes em várias indústrias, pois pode otimizar praticamente todos os tipos de negócios, podendo ser usada para a criação de aplicativos descentralizados nas mais diferentes áreas.

Por isso, é considerada a “internet do dinheiro” por ser uma espécie de computador global distribuído, onde tudo é transparente, aberto a todos e, para ter acesso, não é necessário nenhum tipo de permissão especial.

Sistema financeiro para todos

O mercado financeiro pode ser considerado o mecanismo que aproxima os agentes superavitários dos agentes deficitários, ou seja, investidores de tomadores de crédito. O problema do sistema tradicional é que ele exclui muitas pessoas e não proporciona formas justas de acesso aos serviços e ao crédito. 

Com as soluções que estão sendo construídas na Ethereum, tudo o que uma pessoa precisa para acessar serviços similares, como empréstimo e poupança, é uma conexão com a internet. 

Resistente à censura

Nenhum governo ou empresa tem controle sobre a Ethereum. Essa descentralização torna quase impossível que alguém seja impedido de receber pagamentos ou usar os serviços criados nela. Somos apenas endereços!

Garantias comerciais

A Ethereum cria um um ambiente de negociação mais seguro e transparente, onde prestadores de serviços e clientes têm uma garantia integrada e segura de que os fundos só mudarão de mãos se o que foi acordado inicialmente se cumprir.

Você não precisa da influência de uma grande empresa para fazer negócios pois, através de contratos autônomos, tudo fica automatizado e imutável.

(Imagem: YouTube/Ethereum Foundation)

Uma internet mais privada

No formato centralizado que o mundo está acostumado, dados são expostos, roubados e monetizados por terceiros. 

Você não precisa fornecer todos os seus dados pessoais para usar um aplicativo da Ethereum, pois é construído em uma economia baseada em valor, não em vigilância.

Uma rede ponto a ponto

A Ethereum permite que você mova dinheiro ou faça acordos diretamente com outra pessoa.

Você não precisa passar por empresas intermediárias e, aqui, entram os tokens não fungíveis (NFTs), que permitem que artistas comercializem suas obras sem a necessidade de ter que passar pela intermediação burocrática e custosa de uma galeria tradicional, por exemplo. 

Além dos NFTs e das finanças descentralizadas (DeFi) que destacamos, ainda existem projetos fascinantes que têm sido construídos através da Ethereum Virtual Machine (EVM) na área de eletricidade, registros de saúde, cadeias de suprimento, Internet das Coisas, sistemas de votação, cortes descentralizadas e muito mais. 

A Ethereum representa um verdadeiro paraíso para a inovação. É uma ferramenta fundamental para muitos desenvolvedores e empreendedores criarem negócios descentralizados em formatos que antes não seriam possíveis.

EVM é o sistema operacional que opera tudo e desempenha um papel crucial no mecanismo de consenso. 

O banco de dados do blockchain da Ethereum é mantido e atualizado por muitos nós conectados à rede. Cada nó da rede executa o EVM e as mesmas instruções. 

Em termos de ciência da computação, o EVM é um Turing complete, ou seja, um sistema capaz de realizar qualquer etapa lógica de uma função computacional e expressar qualquer tarefa executável ​​por computadores.

A partir dos contratos inteligentes, a transação é armazenada publicamente no blockchain, tornando-se irreversível. 

Imagine a importância disso da seguinte forma: os contratos inteligentes da Ethereum podem garantir a propriedade de basicamente qualquer coisa.

Imóveis, obras de arte, carros de luxo, eletricidade renovável e mais uma infinidade de coisas.

Com a utilização dos contratos inteligentes, investidores e outras pessoas ao redor do mundo não precisam passar pela burocracia do sistema tradicional, cheio de barreiras, para ter uma casa ou uma obra de arte em outro país. Isso abre uma gama enorme de oportunidades. 

Resumindo, contratos inteligentes são a versão digital e descentralizada dos contratos comuns que, no modelo tradicional, são físicos e executados por terceiros, como cartórios.

Um crescimento exponencial

Alguns dados revelaram o grande aumento no volume de transações que a rede Ethereum vem apresentando desde o seu início e, também, o aumento na atividade nos protocolos DeFi. Estamos vendo um crescimento exponencial.

Já são mais de um milhão de transações diárias.

O valor travado em dólar nos protocolos DeFi não para de crescer e, hoje, já soma US$ 35 bilhões.

(Imagem: DeBank)

Como foi possível perceber, a Ethereum tem um significado muito grande para todo o ecossistema de criptoativos e irá desempenhar um papel cada vez maior no processo de aumento de adoção das aplicações descentralizadas. 

Através dos contratos autônomos e dos dapps, o computador global distribuído irá permitir a construção de soluções que ainda nem imaginamos

Com todo o sucesso já alcançado pela Ethereum em tão pouco tempo, a rede acabou congestionando, o que aumentou a expectativa pela implementação bem-sucedida da Ethereum 2.0, que possibilitará, à plataforma, mostrar todo o seu potencial e trazer a evolução para tudo o que diz respeito ao blockchain e suas aplicações.

Provavelmente, no futuro, seremos surpreendidos sobre a quantidade de possibilidades que podem ser construídas na rede Ethereum. É como lá no início da internet, quando as pessoas realmente não sabiam o que ela se tornaria nos dias de hoje: indispensável.

Disclaimer: A informação contida aqui é apenas para fins informativos e educativos. Nada aqui deve ser interpretado como aconselhamento jurídico, financeiro ou fiscal. O conteúdo deste artigo é unicamente a opinião do escritor, que não é um consultor financeiro licenciado ou um consultor de investimento registrado. A compra de criptomoedas apresenta um risco considerável. O autor não garante nenhum resultado em particular. Desempenho passado não indica resultados futuros. Todas as informações são destinadas à conscientização pública e são de domínio público. Esta informação não pretende difamar nenhum dos atores envolvidos, mas mostrar o que foi dito através de suas contas de mídia social. Por favor, pegue essa informação e faça sua própria pesquisa.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 06/02/2021 - 15:05

Pela Web