O mercado cripto não está passando por bolha financeira, argumenta CEO da rede Solana

04/09/2021 - 13:47
O mercado cripto já está bem distante da época de “fases” e “whitepapers”, de acordo com Yakovenko (Imagem: YouTube/Solana)

O preço dos criptoativos, desde o bitcoin (BTC) à binance coin (BNB), está se recuperando.

A capitalização do mercado cripto — que se refere à quantidade total de ativos em circulação — era de US$ 1,2 trilhão em julho e, agora, está em US$ 2,7 trilhões.

Decrypt menciona que a alta na capitalização total do mercado cripto é por influência do Solana, o blockchain adversário da rede Ethereum, que promove transações mais rápidas a custos mais baixos.

O blockchain Solana é o mais novo “Ethereum killer”?

O preço do SOL, seu token nativo, triplicou no último mês — está em US$ 140 (ou R$ 733) —, atingindo uma capitalização de mercado de US$ 41 bilhões.

(Imagem: TradingView)

Embora esses números deem a impressão de que o mercado é uma “bolha” — ciclo econômico caracterizado pela rápida alta no preço de ativos —, o mercado cripto não o é, de acordo com Anatoly Yakovenko, CEO do Solana — pelo menos não da forma convencional.

Em participação ao podcast Decrypt Daily, Yakovenko explicou:

Esta é uma época bastante diferente do que qualquer outra. Então, não é uma questão de comparar [o mercado cripto] a bolhas.

A bolha de 2017 veio e se foi — se passaram três anos de pessoas desenvolvendo coisas. Agora, chegamos a um ponto em que desenvolvemos [a infraestrutura] que permite que novos engenheiros e desenvolvedores venham e rapidamente iterem.

Em outras palavras, o mercado cripto já está bem distante da época de “fases” e “whitepapers”:

As pessoas estão enviando tudo. O aspecto financeiro desses bens está acontecendo com produtos físicos e comunidades físicas.

Segundo Yakovenko, não importa se o preço do SOL ou de outras criptomoedas continuar alto, já que os próprios produtos estão começando a se tornar úteis.

O CEO não se preocupa com o aspecto sustentável dos tokens não fungíveis (NFTs), ativos exclusivos e escassos.

A grande febre dos NFTs ajudou a atrair pessoas à Solana, que buscam por uma rede mais barata do que a Ethereum para comprar, vender e negociar ativos colecionáveis e obras de arte.

De acordo com ele, CryptoPunks vêm e vão, mas a inovação está aqui para ficar conforme cada vez mais pessoas entram para o mercado cripto.

Bolha de preço? Talvez!

É importante nos lembrarmos que, na bolha pontocom quando, na década de 2000, investidores, tanto do varejo como do setor institucional, contribuíram para o auge de mercado, com medo de perder uma oportunidade única por não se envolver em algo que poderia se tornar gigantesco.

O mercado cripto está passando por uma curva de adesão parecida, pois a especulação está dando lugar à funcionalidade. Yakovenko afirmou: “talvez estejamos na fase em que o e-mail começou a funcionar na internet”.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 04/09/2021 - 13:55

Cotações Crypto
Pela Web