Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Petrobras arremata produção de dois campos da Bacia de Santos

31/08/2018 - 13:38

A Petrobras adquiriu hoje (31), por 36 meses, a produção de petróleo dos campos do pré-sal de Mero e Sapinhoá. Em ambos os casos, a empresa ofereceu manter o preço de referência, sem ágio. Também participavam do leilão, promovido na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), as empresas Shell Brasil, Total E&P Brasil e Repsol Sinopec. Nenhuma delas demostrou interesse pela produção das duas áreas.

O campo de Mero fica na Bacia de Santos, a 170 quilômetros do litoral do Rio de Janeiro, e tem, para três anos, uma estimativa de produção de 10,6 milhões de barris de petróleo. Atualmente, a área é explorada por um consórcio formado pela Petrobras (operadora, com 40%), Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%) e CNOOC (10%).

Também na Bacia de Santos, Sapinhoá tem uma previsão de produção de 600 mil barris para 36 meses. A área está sendo explorada pelo consórcio formado pela Petrobras (operadora, com 45%), Shell (30%) e Repsol (25%).

O campo de Lula não conseguiu lances para o período de três anos e acabou sendo arrematado pela francesa Total E&P com ágio de R$ 1 acima do preço de referência para 12 meses. A estimativa é que, em um ano, o campo produza 1,1 milhão de barris. A área, também na Bacia de Santos, está sob exploração do consórcio formado pela Petrobras (operadora, com 45%), Shell (30%) e Repsol (25%).

Segunda tentativa

Esta foi a segunda tentativa de leiloar a produção futura das ttrês áreas da Bacia de Santos. O primeiro leilão, realizado no dia 30 de maio, não atraiu interesse dos investidores, terminando sem nenhuma oferta.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: Empresas, Petrobras

Última atualização por Victor Fermino - 31/08/2018 - 13:38