Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Como está o desempenho do mercado cripto após a semana de liquidações?

01/03/2021 - 11:17
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Confira um resumo semanal sobre notícias relevantes relacionadas a cripto: na última semana, o bitcoin caiu abaixo dos US$ 45 mil, o renovado otimismo na economia americana afeta outros mercados e Cardano melhora a tendência de mercado de baixa (Imagem: Unsplash/executium)

“Touros” (“bulls”) de cripto esperam superar a recente semana difícil de negociações, em que grande parte dos maiores ativos sofreu altíssimas perdas. O preço do bitcoin (BTC) caiu 23% na última semana enquanto o preço do ether (ETH) também despencou 29%.

Um ativo que resistiu à tendência de baixa foi cardano (ADA). Agora, cardano é o quarto maior criptoativo por capitalização de mercado após subir 16%. No começo desta semana, a atualização Mary, da rede Cardano, será lançada.

A bifurcação drástica (ou “hard fork”) Mary permitirá que usuários criem seus próprios tokens personalizados na Cardano. A Cardano Foundation afirma que a atualização irá acrescentar “uma nova camada de funcionalidade e utilidade” ao blockchain.

A atualização gerou alvoroço na comunidade Cardano, pois indica que ativos, como tokens não fungíveis (NFTs) e stablecoins podem ser desenvolvidos na Cardano.

Um fator que pode ter influenciado a queda no preço do bitcoin é uma tendência contínua de detentores de bitcoin a longo prazo estarem diminuindo suas posses líquidas nas carteiras.

Lex Moskovski, CEO do Moskovski Capital, afirma que, desde outubro de 2020, muitos detentores de bitcoin a longo prazo estão reduzindo suas reservas e obtendo lucro do atual ciclo de alta. A queda de preço na semana passada coincidiu com um aumento nas vendas de detentores de bitcoin a longo prazo.

Um aumento nos rendimentos de títulos e previsões de que os EUA podem remover seu estímulo fiscal direcionaram condições de baixa entre muitos mercados.

Cripto, ações e ouro caíram na semana passada conforme o rendimento de dez anos do Tesouro Americano disparou para 1,61% na última quinta-feira (25) — seu mais alto nível desde fevereiro de 2020.

Rendimentos crescentes são interpretados como uma sugestão de que o Fed pode restringir sua política fiscal. Isso provavelmente acontecerá por conta das expectativas de uma recuperação econômica mais orgânica conforme vacinas contra a COVID-19 são aplicadas e a economia americana se normaliza.

Rendimentos de dez anos caíram para 1,41% na sexta-feira (26), mas o otimismo em relação ao futuro da economia americana em 2021 continua a crescer.

O bitcoin teve sucesso durante o ambiente pandêmico de 2020 — que afetou a economia global — como um ativo de refúgio descorrelacionado às moedas fiduciárias desvalorizadas e cadeias globais de suprimento prejudicadas.

Na semana passada, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) oficialmente publicou um formulário S-1 da corretora Coinbase, pavimentando o caminho para que a empresa seja listada diretamente na Nasdaq.

O formulário revelou que a Coinbase teve um lucro líquido de US$ 322 milhões em 2020 e uma receita de US$ 1,1 bilhão. Grande parte das receitas foram geradas por meio de taxas de negociação (96%).

O que vem por aí esta semana?

1º de março: OKCoin deslista BCH e BSV

Nesta segunda-feira, a OKCoin, corretora de Hong Kong, irá deslistar duas das maiores bifurcações do Bitcoin: Bitcoin Cash (BCH) e Bitcoin Satoshi Vision (BSV), cujas capitalizações de mercado são de US$ 8,5 bilhões e US$ 3,3 bilhões, respectivamente.

OKCoin afirma que a decisão foi pelas “guerras de desinformação” entre membros dessas comunidades, como Craig Wright, e para proteger investidores que “possam se sentir enganados ou confusos pela ambiguidade de nomes desses ativos e o bitcoin”.

2 de março: lançamento do Aavegotchi

Aavegotchi, um jogo de colecionáveis digitais desenvolvido pelo Pixelcraft Studios, será lançado nesta terça-feira. O evento de lançamento acontecerá no site oficial e apresentará uma distribuição de NFTs de dez mil Aavegotchi Portals ao público.

Aavegotchi foi desenvolvido pelo Aave (AAVE), um dos maiores protocolos do setor de finanças descentralizadas (DeFi) e gamifica esse ecossistema ao combinar elementos da tomada e concessão de empréstimos com uma interface que gira em torno de criaturas colecionáveis.

Top 10 criptoativos da semana

Os ativos de maior capitalização foram afetados na última semana depois de um início bem otimista de ano. Dois ativos do top 10 — ADA e DOT — receberam um forte voto de confiança do FD7 Ventures, fundo global de investimento cripto de Dubai com US$ 1 bilhão em ativos sob gestão.

O fundo anunciou planos de vender US$ 750 milhões de suas posses de bitcoin nos próximos 30 dias para aumentar as posições da empresa em ADA e DOT.

A iniciativa foi feita devido à crença superior na utilidade dos dois ativos e em suas posições como alicerces da “nova internet e da Web 3.0”.

Gráfico de preço do bitcoin

Apesar da decrescente atividade de preço da semana passada, os aspectos fundamentais continuam fortes. A taxa de hashes total da rede Bitcoin atingiu novas altas recordes na última semana.

Isso é um forte sinal de saúde da rede e a protege contra ataques de gasto duplo. Quanto maior a taxa de hashes de um blockchain, mais poder computacional seria necessário para atacá-la.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 01/03/2021 - 11:21